Você sabe Viajar?

Muita gente acha que sabe viajar, mas a realidade é que não sabem. Vamos aos princípios da viagem:

1.Não compre o voo antes de se planejar:

Acontece com muita gente, você recebe uma notificação ou observa seus pontos no cartão ou percebe uma promoção e compra logo os voos, sem antes ter um planejamento mínimo. Muitas vezes pelo fato do voo ser um fator que dispende grande parte do orçamento da viagem, muitas pessoas se antecipam e acabam cometer um erro bem comum, compar os voos sem pesquisa.

  E sem planejamento compra-se voos com um intervalo de muitos dias para um destino nacional ou poucos dias para um destino internacional, isso influencia o modo como sua viagem pode ficar extremamente frenética ou extremamente tediante. 

Outra questão aqui é se você for comprar passeios como em destinos nacionais de Bonito, Chapada Diamantina etc, muitas agencias possuem roteiros próprios com saídas regulares, ás segundas por exemplo, e dependendo dos voos se perde metade dos passeios. Ou não há vagas para os passeios. Por isso uma dica, sempre compre em conjunto, ou próximos.

2. Leia o roteiro:

Parece ser ridículo esse tópico, mas a quantidade de pessoas que compram determinados pacotes e não leem atentamente o roteiro se deparam com problemas ou gastos adicionais por falta de atenção. Por exemplo tem roteiros de agencias com saídas regulares que se deve chegar em uma determinada hora específica para se fazer o traslado em grupo, caso não chegue você terá de pagar um adicional para um traslado privativo.

Também é comum comprar um pacote de viagem e não se adaptar ou não gostar do roteiro. Lembre-se que viagens de natureza demandam saber nadar ou melhor, não ter medo de água,, trilhas muitas vezes extenuantes e até acordar cedo. Veja se você tem o perfil do roteiro, pois você pode se decepcionar.

3. Bagagem apropriada:

Eu já comentei aqui sobre a bagagem apropriada para o tipo de viagem escolhida, mas indo um pouco mais além, quando se viaja principalmente em destinos internacionais deve-se viajar com a mala semi-cheia, pois como todos sabem adoramos compras!

Porém lembrem-se: garantam ao menos uma troca de roupas na bagagem de mão, vai que a mala se perder por aí, ao menos terá alguns dias de vantagem.

4. Documentos Importantes:

Normalmente os documentos importante vem descritos ou informados nos roteiros. Isso é legal saber por haver algumas especificidades, por exemplo a vacina da febre amarela aqui no Brasil é requisitada, mas não obrigatória, entretanto em países estrangeiros, como a África por exemplo exigem a carteirinha internacional da Febre Amarela. Que nada mais é um certificado oficial de que você tomou a vacina.

Veja se o seu destino possui alguma especificidade dessas, negligenciar tal fato pode colocar sua viagem em risco. É sério você não embarca mesmo!

5. Aproveite:

Muita gente tende a ser ansioso e detalhista. Pare e curta a viagem, você pode demorar um tempo antes de ter a oportunidade de relaxar tão intensamente.

Aproveite também para conhecer o inusitado, aquele centro histórico esquecido, aquele estádio ou aquele jogo local, o mercado municipal, com sabores e gostos diferentes.


Visite, explore, continue viajando!